A América Latina está em uma encruzilhada em 2015.

Mas uma certeza permanece ao longo do território que une os países ao sul do Rio Bravo: a consolidação da democracia é um auspicioso processo que, entretanto, ainda está muito longe de ser irreversível. Dessa forma, Chegamos a um ponto de bifurcação do qual emergem múltiplos caminhos que a região poderia percorrer. Os cenários da Alerta Democrática são uma jornada por essas possibilidades futuras, um caminho para os próximos quinze anos que tem como estação de chegada a América Latina de 2030.

Estes cenários foram criados por um heterogêneo grupo de 37 líderes latino-americanos provenientes da academia, instituições governamentais, parlamentares e municipais, sociedade civil, organizações produtivas, jovens, movimentos sociais, empresariado, comunicadores, povos indígenas, igreja e fundações.

Os cenários nos oferecem uma inovadora plataforma para o diálogo e para a ação, e estabelece os resultados possíveis que podemos esperar em 2030 a partir de nossas ações ou omissões de hoje.

Leia mais sobre

o projeto

Descubra os

cenários

Download do

relatório
digital

Saiba como

participar

Por que ALerta Democrática?

Ainda que a democracia é a forma de organização de Estado elegida para nossa região, alguns sinais de alerta advertem sobre a qualidade da mesma.

O compromisso de cada membro da equipe de cenários foi o de construir um instrumento útil para a tomada de decisão de líderes, coletivos, e cidadãos em geral e assim alertar sobre os riscos e oportunidades do presente que podem fazer a diferença por uma democracia de alta intensidade no futuro.

A corrupção ameaça adentrar-se nos espaços mais protegidos dos governos latinoamericanos, os processos democráticos confundem-se com processos eleitorais, as instituições não tem verdadeira independência, a inequidade ao acesso de bens materiais e intelectuais, a concentração de poder, a desilusão e a apatía cidadãs, entre outras, hão sido elementos principais de alerta dos cenários.

Por isso é que este grupo de pessoas impulsiona o movimento de Alerta Democrática, nome do coletivo que tem como objetivo provocar reflexão e diálogo em nossas sociedades.

Alerta Democrática foi pensado para despertar um processo intenso de reflexão e de melhora nas democracias da nossa região. Não se trata de um simples nome, representa a causa que o coletivo abraça com a esperança de ajudar a construir uma democracia de qualidade na América Latina.

acompanhe as novidades

O cenários são um marco conceitual idôneo para desenvolver uma linguagem comum que permita um melhor entendimento das forças que determinam e modelam o futuro das democracias na América Latina. É uma valiosa referência sobre as distintas estratégias que poderíamos conceber e implementar, de forma individual e coletiva, ante os desafios do presente. Acompanhe os diálogos na América Latina.

Alerta Democrática
Alerta Democrática02/08/2017 @ 22:03

A democracia está agonizando!!!!!!

Alerta Democrática La ciudadanía radical ya no admite más corrupción!
Daniel Bernardo Chamemos os Hércules
Maria Luiza Stabile Sartorelli Tem gente que ainda não entendeu que já vivemos num estado de exceção já muito tempo.
Octacilio Rocha Os Intervencionistas são simplesmente uma massa de manobra nas mãos de comunistas porque querem o mesmo objetivo que é o caos institucional que só beneficiária a reeleição de Lula!
Daniel Castro Democracia, o Deus que falhou
Carlos Renato Que se reinstaure o Império
Jonathan C Silva $
Alerta Democrática
Alerta Democrática13/02/2017 @ 13:21

La sociedad civil en México marcha contra Trump. ¿Y que hacer en el resto de la región?

http://cnnespanol.cnn.com/2017/02/12/minuto-a-minuto-vibramexico-mexicanos-marchan-contra-donald-trump/

Alerta Democrática
Alerta Democrática compartilhou o vídeo de AJ+ Español.01/02/2017 @ 13:39

Nos estan matando en Honduras.

Alerta Democrática
AJ+ Español
Defender la tierra en la que vives puede resultar mortal en Honduras.
Load More

Acompanhe o movimento pela América Latina:
plataforma para o diálogo e a ação

Calendário de eventos

Acompanhe o movimento pelas redes sociais

Assine a newsletter e mantenha-se informado